skip to Main Content

O curso conta com Laboratório 3D e associa estudos teóricos a práticas de análise de vibrações mecânicas, com técnicas de manutenção preditiva em ambientes industriais.


Introdução ao estudo de vibrações. Vibração livre de sistemas com um grau de liberdade. Vibração forçada de sistemas com um grau de liberdade. Cadeia de medição de vibração. Tratamento de sinais. Medição de nível global. Análise de forma de onda no tempo. Transformada Rápida de Fourier. Envelope de aceleração. Técnicas de análise espectral.

CARGA HORÁRIA COM CERTIFICAÇÃO

30 HORAS

A carga horária indicada é uma referência para a realização das atividades e exercícios interativos. Ao assinar o pacote de 60 dias você pode acessar todos os recursos pelo tempo que desejar durante esse período, explorando todo o potencial das aulas e exercícios interativos.

CAMPO DE APLICAÇÃO

> Indústria Metal Mecânica;
> Indústria de Mineração;
> Geração e distribuição de eletricidade;
> Equipamentos agrícolas;
> Sistemas de bombeamento;
> Construção civil.

OBJETIVOS

> Fazer com que os estudantes aprendam os princípios dos processos de vibração, tanto na natureza quanto na indústria;
> Fornecer ao estudante as bases do funcionamento das técnicas de tratamento de sinais de vibração;
> Apresentar o funcionamento da cadeia de medição de vibração;
> Mostrar com aplicar a análise de vibração para avaliação e diagnóstico de falhas em equipamentos;
> Disponibilizar ao estudante equipamentos de medição e de análise de vibração em uma situação prática.

Manoel José dos Santos Sena.
Engenheiro Mecânico formado pela Universidade Federal do Pará, em 1994.
Diplôme d´etudes aprofondies en Conception Mécanique, pela Université Joseph Fourier, em 1996.
Docteur en Mécanique des Fluides et Transfers, pelo Institut National Politechnique de Grenoble, em 1999.
Tem experiência na análise de vibrações em campo e na modelagem de sistemas dinâmicos usando o método de elementos finitos. Atuou como professor da Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Pará de 1997 a 2003. Atuou como professor, coordenador de curso, Diretor Acadêmico e Diretor Geral do Instituto de Estudos Superiores da Amazônia, entre 2000 a 2014. Leciona disciplinas na área de Mecânica dos Sólidos e Mecânica dos Fluidos na Faculdade Estácio de Belém, desde 2015. É sócio diretor da empresa Mundo Digital Interativo.

CONTEÚDO PROGRAMATICO

1 – Introdução e aplicações
1.1 – Conceito de vibração.
1.2 – Amplitude, frequência e fase do movimento de vibração.
1.3 – Aplicações no mundo natural.
1.4 – Aplicações na indústria.

2 – Vibração livre de sistemas com um grau de liberdade
2.1 – Conceito de grau de liberdade.
2.2 – Exemplos de sistemas com um grau de liberdade.
2.3 – Vibração livre de sistemas com um grau de liberdade.
2.4 – Modos de vibração.

3 – Vibração forçada de sistemas com um grau de liberdade
3.1 – Exemplos de sistemas com um grau de liberdade sob vibração forçada.
3.2 – Fator de amplificação.
3.3 – Ressonância.

4 – Cadeia de medição
4.1 – Vibração no domínio do tempo e domínio da frequência.
4.2 – Tipos de sensores.
4.3 – Curva de ressonância dos sensores e formas de fixação.
4.4 – Grandezas a medir em baixas, médias e altas frequências.
4.5 – Locais e direções de medição
4.6 – Como quantificar a vibração.

5 – Diagnóstico da condição da máquina
5.1 – Vibração global.
5.2 – Análise de forma de onda no tempo.
5.3 – Transformada rápida de Fourier.
5.4 – Envelope de aceleração.
5.5 – Fase.
5.6 – Normas ISO para análise de vibração.

6 – Técnicas de análise espectral
6.1 – Desbalanceamento.
6.2 – Desalinhamento.
6.3 – Mancais de rolamento.
6.4 – Folga mecânica
6.5 – Ressonância.
6.6 – Eixo empenado.
6.7 – Mancais de deslizamento.
6.8 – Correias.
6.9 – Aerodinâmica/hidráulica.
6.10 – Máquinas alternativas.
6.11 – Motores de indução.
6.12 – Motores DC.
6.13 – Engrenagens.
6.14 – Acoplamentos.
6.15 – Excentricidade.

Acesse o simulador em www.youinlab.com

Back To Top